Nuvem pública, privada e híbrida: Saiba o que é e entenda suas diferenças

Nuvem pública, privada e híbrida: Saiba o que é e entenda suas diferenças


Nuvem pública, privada e híbrida está relacionada com a computação em nuvem, maneira na qual diversas empresas vem adquirindo para guardar seus dados, arquivos, documentos, e mantê-los mais seguros. Mas você sabe o que é exatamente a computação em nuvem? E para que servem esses tipos de nuvens? Veremos abaixo neste post.

O que é computação em nuvem?

Computação em nuvem nada mais é do que a possibilidade de acessar arquivos e executar diversas tarefas através da internet. Sem a necessidade de instalar programas no computador. O armazenamento dos dados é feito em plataformas online.. Confira mais detalhes em nosso post Computação em nuvem: Saiba o que é e conheça seus principais benefícios.

Tipos de Nuvem

Você sabia que nem todas as nuvens são iguais e que não há um tipo certo de computação em nuvem que seja ideal para cada empresa. Existem diversas variações, no qual cada tipo de nuvem atenderá as determinadas necessidades. Dessa forma, veremos a definição de implantação de nuvem pública, privada e híbrida.

Nuvem Pública

As nuvens públicas pertencem a um provedor de serviços de nuvens terceirizados. É o modelo mais utilizado pelas empresas. Pois, ela é adequada à utilização de softwares como serviços e ainda permite a ampliação da capacidade de armazenamento. Ou seja, os serviços são oferecidos por meio da internet, o que torna mais acessível.

Principais Benefícios

É o tipo de nuvem mais barato. Pois a empresa paga somente pela capacidade utilizada. Dessa forma, os custos com hardware e aplicativos são cobertos pelo provedor terceirizado. Sua escalabilidade ilimitada também é um de seus principais benefícios. Além disso, as nuvens públicas também podem ser implantadas mais rápidas. Ou seja, todos os funcionários de uma empresa podem utilizar o mesmo aplicativo de um escritório ou filial usando o dispositivo de sua escolha, desde que tenham acesso à Internet.

Nuvem Privada

Uma nuvem privada, refere-se aos recursos de computação em nuvem, utilizada para atender uma única empresa ou organização. Ela pode ser implementada internamente, no datacenter local da empresa por exemplo, para atender diversas filiais, ou ser fornecida por um provedor.

Principais Benefícios

A nuvem privada proporciona diversos benefícios da nuvem pública, como
flexibilidade, escalabilidade, automação, monitoramento, entre outros.. Com a diferença que ela não é dividida com outras empresas. Além disso, a nuvem privada ainda possui o controle totalmente interno dos servidores e outros recursos.

Nuvem Híbrida

A nuvem híbrida faz a junção da nuvem pública com a nuvem privada. Possui uma tecnologia na qual permite com que os dados e aplicativos sejam compartilhados entre elas. Busca extrair o melhor de cada uma delas conforme as necessidades da empresa.

Principais Benefícios

A nuvem híbrida tem em seus principais benefícios a flexibilidade e escalabilidade, controle de custos, possibilidade de alternar entre o modelo público e o privado conforme a necessidade do negócio. Entre diversos outros..

Qual o modelo ideal para sua empresa?

Você deve estar se perguntando qual modelo devo adquirir para minha empresa?! Pois bem, abaixo iremos citar o modelo mais apropriado de acordo com o que a empresa está buscando.

Nuvem Pública: Uma nuvem pública é ideal para empresas que buscam ganhar poder tecnológico sem precisar realizar grandes investimentos em TI. Ela também é útil para quem possui pressa em utilizar recursos virtuais, por tratar-se de uma nuvem que já está pronta.

Nuvem Privada: Uma nuvem privada é ideal para empresas que gerenciam dados muito mais delicados, como transações financeiras, por exemplo. Ela também serve para negócios nos quais a cultura de controle interno é bem rígida.

Nuvem Híbrida: Na maioria das vezes, a nuvem híbrida é escolhida por empresas que já possuem uma boa infraestrutura interna e também querem aproveitar os benefícios do modelo público, especialmente no que diz respeito a softwares como serviço.

Dessa forma, após verificarmos quais são os tipos de implantações de nuvem, o conceito e os benefícios que cada um deles poderá trazer para sua empresa, você não terá mais desculpas para não adquirir uma implantação de nuvem também.

Gostou do nosso post? Deixe seu comentário abaixo e interaja conosco.

Compartilhar

Apaixonada por tecnologia e inovação. Sempre buscando mais conhecimento e qualificação nessa área. Atualmente cursando Administração na Universidade do Planalto Catarinense. Possuo bom relacionamento interpessoal, boa comunicação, pró-atividade e dedicação.