Senhas Fortes: Conheça algumas dicas para criar as suas senhas

Senhas Fortes: Conheça algumas dicas para criar as suas senhas.

Com os avanços da tecnologia, permanecemos todos os dias ainda mais dependentes do uso de computadores e aparelhos digitais. Dessa forma, os dados ficam expostos. Correndo o risco dos hackers roubarem. Afinal, eles utilizam sistemas com várias combinações para a quebra de senhas e acabam conseguindo acessar o que querem. Portanto, é muito importante usarmos senhas fortes em tudo que envolve o meio digital. Por isso, preparamos para você este post. No qual, mostraremos várias dicas na hora da criação de senhas.

É comprovado através de pesquisas e estudos que 90% das senhas são vulneráveis. Ou seja, podem ser descobertas com facilidade. Afinal, a senha é nosso principal recurso para comprovar a autenticidade de um usuário. E é também o único meio de proteger o acesso indevido em sistemas de bancos, perfis em redes sociais, entre outros.

Dessa forma, deve seguir algumas recomendações na hora de criar as senhas. Optando por senhas fortes e seguras.

Afinal, o que é uma senha forte?

Uma senha forte depende da combinação e tipos de caracteres utilizados. Ou seja, uma boa senha deve ser longa, com pelo menos 8 caracteres. Possuir a combinação de números, letras minúsculas e também maiúsculas e símbolos. Abaixo citaremos algumas dicas:

  • Uma senha deve conter 14 caracteres para considerar segura;
  • Quanto mais variar entre letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos, mais forte a senha irá ficar;
  • Evite repetições e sequências de caracteres como “123456” ou “asdfgghjkl”
  • Não tenha senhas com seu nome, nome da mãe ou pai. Datas importantes, números de documentos, ou outras informações semelhantes;
  • Trocar as senhas sempre que possível também é um requisito importante. O recomendado é trocar a senha a cada 90 dias;
  • Não enviar senhas via e-mail, sms, whatsapp, ou em alguma rede social;
  • Não guarde as senhas em locais desprotegidos ou de fácil acesso;
  • Ative a autenticação de dois fatores sempre que possível em suas contas mais importantes. Pois, essa é uma verificação de segurança adicional após uma entrada de senha bem sucedida. Ela usa métodos que só você tem acesso, tais como: e-mail, mensagem de texto, biometria. Exemplo: impressão digital e face ID.

Senha roubada: Como agir?

Vale lembrar que mesmo tomando todos os devidos cuidados, ainda existe a possibilidade de uma senha ser roubada. Caso você suspeite que algum código malicioso acessou suas informações, realize uma varredura e altere as senhas imediatamente de um outro dispositivo mais seguro. Porém, se você não seguir a dica de usar uma senha para cada serviço e essa senha acabar sendo roubada, será necessário lembrar de todos os sites e serviços nos quais foram utilizadas para poder alterar o mais rápido possível.

Embora as senhas sejam algo que usamos diariamente, não devemos esquecer de sua importância e criticidade. Não se esqueça que as senhas controlam a sua privacidade, identidade digital e até contas financeiras. Dessa forma, com essas ações simples é possível aumentar a segurança das suas contas e garantir que não sejam facilmente descobertas por hackers.

Gostou do nosso post? Deixe seu comentário.



Compartilhar

Apaixonada por tecnologia e inovação. Sempre buscando mais conhecimento e qualificação nessa área. Atualmente cursando Administração na Universidade do Planalto Catarinense. Possuo bom relacionamento interpessoal, boa comunicação, pró-atividade e dedicação.